Sobre a Paróquia
Instituição

As atividades são exercidas pelos nossos religiosos e paroquianos através das pastorais, associações, movimentos e grupos envolvendo em torno de 400 paroquianos voluntários em aproximadamente 40 atividades e conta com a ajuda das religiosas passionistas do Colégio Santa Luzia e das religiosas Franciscanas do Colégio Stella Maris. Passam diariamente pelas dependências da Igreja do Calvário cerca de 600 pessoas, chegando a 3.000 nos finais de semana.


História
[swfobject]10361[/swfobject]

Em 5 de agosto de 1923, foi publicado na revista “O Calvário” a planta da igreja iniciando a campanha para arrecadação de fundos para aquisição de materiais para sua construção. Em menos de dois anos sua nave principal já estava pronta. No dia 3 de janeiro de 1926, data de aniversário natalício de São Paulo da Cruz, foi inaugurada oficialmente e celebrado o primeiro ato litúrgico. A partir daí, as obras de acabamento interno continuaram vagarosamente até sua inauguração definitiva em 19 de maio de 1930. O altar mor, em estilo romano barroco foi projetado por Benedito Calixto de Jesus Neto e sagrado por Dom José Gaspar em 6 de julho de 1940.

O campanário

Sua construção teve início em 1935. Sua torre lateral para o campanário consumiu dois anos para ser construída. Finalmente foi festivamente inaugurada em 19 de dezembro de 1937. O carrilhão de sinos, fundidos na cidade de Curitiba, foi sagrado em 20 de agosto de 1939. O sino mais pesado – dó maior – com 1.731 quilos foi dedicado a Jesus Crucificado, o segundo – fá maior – pesando 759 quilos, recebeu o nome de Mater Dolorosa, o terceiro, pesando 478 quilos, foi dedicado a São Paulo da Cruz, o quarto sino – lá maior – com 350 quilos foi dedicado a São José e o quinto, com 188 quilos, em homenagem a Santa Gema Galgani. Portanto o peso total de sinos de cobre ultrapassa 3.500 quilos. Eram acionados mecanicamente, isto é, no braço e a partir de 1981 passaram a ser acionados eletronicamente.

O PRÉDIO

O estilo de construção segue o Basilical Romano. Teve seu projeto aprovado em 5 de agosto de 1923. A nave da igreja comporta 400 pessoas. Anexo ao prédio tem um prédio administrativo com três andares, contendo sala de apoio, sala de cursos, reuniões e atendimento dos paroquianos, secretaria e escritório. Com entrada pela Rua Lisboa construímos outros dois andares contendo seis salas para reuniões, quatro WC, salão refeitório e cozinha, no andar superior amplo salão, que chamamos de salão nobre, com espaço para 400 pessoas sentadas. No prédio contíguo temos três andares onde funciona alfabetização para adultos, um auditório para 150 pessoas (Plenarinho) e mais uma sala com capacidade de 50 pessoas, utilizada pelas voluntárias para reforço escolar de estudantes carentes, temos ali também uma capela. No térreo um salão para recepção e cumprimentos ligado ao prédio da nave da igreja.

O ÓRGÃO DE TUBOS

O órgão de tubos foi inaugurado em 1º de fevereiro de 1948. Foi construído dentro do convento por dois hábeis organeiros alemães. O raro instrumento dispõe de 29 registros reais, 44 registros efetivos, 2.321 tubos sonoros, três teclados e pedaleira para os baixos. Mais tarde, foi acrescentado um novo jogo de flautas metálicas vindas da Itália e a transmissão antes pneumática com fole foi substituída pela eletrônica. Hoje no Brasil existem poucos teclados semelhantes a este.

SALÃO NOBRE

Com capacidade para receber 650 pessoas, destina-se aos eventos da Paróquia, como: pastorais, casamentos, bodas entre outros.

DEPENDÊNCIAS DA CONGREGAÇÃO

O prédio residencial para moradia dos religiosos possui quatro andares, contendo refeitório, biblioteca, dormitórios e outras acomodações. Aqui é a sede da província do Calvário.


no images were found