Notícias › 10/07/2019

Nomeações para o Brasil

Catanduva

O Santo Padre nomeou Bispo de Catanduva (SP) Dom Valdir Mamede, transferindo-o da sede episcopal titular de Naisso e do cargo de Bispo Auxiliar de Brasília.

Dom Valdir Mamede nasceu em 21 de julho de 1961, em Silvianópolis, Arquidiocese de Pouso Alegre, Minas Gerais. Fez estudos filosóficos na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1981-1983) e estudos teológicos no Studium Theologicum de Curitiba (1984-1987). Obteve também o Doutorado em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense (2000-2002). Foi ordenado sacerdote a 21 de maio de 1988.

Durante o seu ministério sacerdotal, ocupou os seguintes cargos: Vigário paroquial (1989-1992) e depois pároco do Imaculado Coração de Maria no Rio de Janeiro (1992-1995); pároco de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Taguatinga, Arquidiocese de Brasília (1995-1999); vigário judicial e pároco do Imaculado Coração de Maria em Brasília. Foi também Professor de Direito Canônico no Seminário Arquidiocesano de Brasília.

Em 6 de fevereiro de 2013, foi eleito Bispo titular de Naisso e Auxiliar da Arquidiocese de Brasília, e recebeu a ordenação episcopal no dia 16 de março seguinte.

No âmbito da Conferência Episcopal Brasileira, foi membro da Comissão dos Tribunais Eclesiásticos de Segunda Instância.

Caruaru

O Santo Padre aceitou a renúncia ao governo pastoral da diocese de Caruaru (Brasil), apresentada por Dom Bernardino Marchiò, e nomeou bispo da mesma Diocese, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, O.F.M. Cap., transferindo-o da Diocese de Jequié.

Dom José Ruy Gonçalves Lopes, O.F.M.Cap., nasceu a 6 de agosto de 1967 em Feira de Santana, na Arquidiocese de mesmo nome, no Estado da Bahia. Emitiu os votos religiosos na Ordem dos Frades Capuchinhos em 10 de janeiro de 1988 e foi ordenado sacerdote em 5 de dezembro de 1993, em Feira de Santana. Completou seus estudos filosóficos e teológicos na Pontifícia Universidade Católica de São Salvador da Bahia. Em seguida, fez um curso de especialização em Teologia na Faculdade de Teologia “Nossa Senhora da Assunção” da Arquidiocese de São Paulo.

As principais posições ocupadas na sua Ordem são: formador do noviciado, ecônomo, definidor provincial, ministro provincial, vice-presidente da conferência capuchinha do Brasil, membro da equipe de formação inicial da ordem. Na arquidiocese de São Salvador da Bahia foi vigário paroquial, administrador paroquial e reitor de capelania, capelão do leprosário, membro do conselho presbiteral e professor de teologia moral. Foi eleito Bispo de Jequié a 4 de julho de 2012 e a sua ordenação episcopal foi no dia 7 de setembro de 2012.

Via Vatican News